Conteúdo

Museu Orangerie | Saiba tudo sobre o melhor museu de arte de Paris

Localizado no canto oeste do Jardin des Tuileries em Paris, o Musee de L'Orangerie foi construído em 1852 para abrigar as frutas cítricas ácidas durante os invernos frios. Hoje, ele abriga algumas das mais famosas obras de arte impressionistas e p...

Também conhecido como

L'Orangerie

Fundado em

1852

Fundado por

Camille Lefèvre, Claude Monet, Napoleon III

Informações gerais

DURAÇÃO RECOMENDADA

2 hours

Horários

09–18

VISITANTES POR ANO

800000

Você sabia?

Pierre-Auguste Renoir, um amigo querido de Monet, presenteou o Estado francês com uma de suas pinturas, "Banhistas com um caranguejo", com a condição de que fosse exibida no Musée de l'Orangerie. A pintura agora faz parte da coleção do museu.

A série Nenúfares no Musée de l'Orangerie foi um projeto para toda a vida de Monet e ele trabalhou nela por mais de 30 anos, até sua morte em 1926.

Antes de se tornar um museu, a Orangerie anfitrião do Salon des Tuileries, uma exposição anual de arte que mostrava a arte francesa contemporânea. Somente no início do século XX a Orangerie foi transformada em um museu com galeria de arte.




Reserve ingressos para o Museu Orangerie

O que ver no Museu Orangerie?

pinturas

Pinturas

O Museu Orangerie é famoso por sua coleção excepcional de pinturas impressionistas e pós-impressionistas, com destaque para a série Water Lilies (Nenúfares) de Claude Monet. Essas obras monumentais, exibidas em salas ovais especialmente projetadas, hipnotizam qualquer um com sua representação etérea da luz e da natureza. Além disso, o museu abriga obras de artistas como Cézanne, Picasso e Matisse, oferecendo uma jornada abrangente pela evolução da arte moderna.

esculturas

Esculturas

Embora seja celebrado principalmente por sua brilhante coleção de pinturas, o museu também abriga uma notável seleção de esculturas. Você pode admirar obras de Auguste Rodin, como “O Beijo” e “O Pensador”, ao lado de estátuas de outros artistas renomados do período. Essas esculturas complementam a impressionante variedade de obras-primas impressionistas e pós-impressionistas do museu, oferecendo uma exploração multifacetada da expressão artística.

Decorative Arts

Artes decorativas

O Museu Orangerie em Paris apresenta uma exposição encantadora de artes decorativas, notadamente conhecida por suas obras sofisticadas de porcelana. Você pode se maravilhar com as peças delicadamente trabalhadas de vários períodos e regiões, que vão desde vasos detalhados até utensílios de mesa meticulosamente trabalhados, mostrando a maestria do artesanato em porcelana. Essas peças oferecem uma visão única do patrimônio cultural e artístico de épocas passadas, enriquecendo a coleção diversificada do museu.

Destaques do Museu Orangerie

The Water Lilies

The Water Lilies (Nenúfares)

A joia do museu, a série “Water Lilies” de Claude Monet, é exibida em salas ovais especialmente projetadas, imergindo os espectadores em um mundo encantador de cores, luzes e reflexos. A representação magistral de Monet de sua amada lagoa de Giverny continua sendo um símbolo duradouro do gênio do artista e da essência do impressionismo.

orangerie museum - Boudoir painting

Boudoir

O “Boudoir” de Henri Matisse exemplifica o gênero expressionista de pintura. Essa cena cativante retrata uma mulher em um boudoir, mostrando a exploração de Matisse da luz e da forma em seu período posterior. Cores fortes e formas simplificadas definem essa obra de arte, revelando o profundo domínio do artista sobre a forma humana e a dinâmica espacial.

Orangerie Museum

Retrato de Paul Guillaume

O “Portrait de Paul Guillaume” de André Derain captura com maestria a essência do negociante de arte francês. Os tons frios conferem uma sensação de distanciamento, enquanto a pose de três quartos exala refinamento e graça. Esse retrato convincente mostra o talento de Derain na forma humana, marcando um trabalho pungente de seu último período.

Orangerie Museum

Woman with Tambourine (Mulher com pandeiro)

A obra de Pablo Picasso “Woman with Tambourine” (Mulher com pandeiro), uma gravura em água-forte e água-tinta de 1939, apresenta uma impressionante representação de uma mulher nua segurando um pandeiro. As cores fortes ressaltam a habilidade de Picasso com a luz e a forma cubistas. Essa obra de arte, inspirada em sua musa Dora Maar, é uma adição significativa ao final da década de 1930 de Picasso, capturando a essência de seu crescimento artístico.

Orangerie Museum

Grande Catedral

A obra “Great Cathedral” (Grande Catedral), de Maurice Utrillo, apresenta um retrato sutil da Catedral Sainte-Croix de Orléans, do século XIII. A técnica inovadora do artista mistura cola, gesso e cimento, criando uma textura branca incomum com toques de cinza e marrom. Essa obra-prima inacabada mostra a abordagem meticulosa de Utrillo, revelando a camada preparatória e seu uso preciso de réguas e compassos.

Orangerie Museum

Bather with Long Hair (Banhista com cabelos longos)

“Banhista com cabelos longos”, de Auguste Renoir, retrata uma figura graciosa emergindo da água, com o busto decorado por uma delicada cortina branca. O cabelo dourado esvoaçante reflete o movimento suave da folhagem de fundo, impregnando a cena com uma vibração atemporal. A maestria de Renoir com traços suaves e arredondados captura harmoniosamente um retrato de beleza cativante e ondulante.

História do Museu Orangerie

  • 1852: Começa a construção do Museu Orangerie, projetado pelo arquiteto Firmin Bourgeois, nos jardins das Tulherias.
  • Início da década de 1920: A Orangerie deixa de ser usada como estufa e é transformada em galeria de arte pelo governo francês.
  • 1922: Decisão de converter a Orangerie em uma galeria para artistas vivos; a renovação é iniciada pelo arquiteto Camille Lefevre.
  • 1927, 17 de maio: A Orangerie é reaberta como Musee Claude Monet, apresentando os Nenúfares de Monet; renomeada como Musee National de l'Orangerie des Tuileries.
  • Após a Segunda Guerra Mundial: O museu passa por uma reforma, concentrando-se na arte moderna francesa do final do século XIX e início do século XX.

Quem construiu o Museu Orangerie?

about Orangerie Museum

O Museu Orangerie é um edifício em estilo neoclássico originalmente construído em 1852 pelo arquiteto Firmin Bourgeois e decorado pelo artista Louis Visconti, com o intuito de ser um abrigo de inverno para as laranjeiras dos Jardins Tuileries. Eventualmente, o espaço foi usado como local para banquetes, exposições, concertos e shows.

Arquitetura do Museu Orangerie

Construído pelo famoso arquiteto Firmin Bourgeois, o Museu Orangerie foi construído com vidro ao sul do Sena para permitir que a luz caísse sobre as árvores. O outro lado da estrutura também não tem janelas para proteger as árvores cítricas durante o inverno.

Louis Visconti, conhecido por suas reformas no Louvre, decorou a entrada principal nos lados oeste e leste do edifício. Com uma observação atenta, é possível observar que as colunas na porta são frontões triangulares esculpidos por Charles Gallois Poignant. A parte superior das colunas exibe cornucópias, plantas e espigas de milho que enfatizam a função agrícola do edifício.

Museu Orangerie: perguntas frequentes

O que é o Museu Orangerie?

O Museu Orangerie é uma famosa galeria de arte de pinturas impressionistas e pós-impressionistas em Paris.

Onde fica o Museu Orangerie?

O Museu Orangerie está situado no canto oeste dos Jardins das Tulherias, bem próximo à Place de la Concorde, em Paris.

Por que o Museu Orangerie é famoso?

O Museu Orangerie é um famoso museu de arte em Paris. Ele é conhecido por sua coleção de pinturas do final do século XIX e início do século XX, com destaque para o monumental ciclo Water Lilies de Claude Monet.

Quanto custa um ingresso para visitar o Museu Orangerie?

Seus ingressos para o Museu Orangerie custam a partir de € 12,50.

Quem construiu o Museu Orangerie?

O arquiteto Firmin Bourgeois construiu o Museu da Orangerie. Em 1852, Napoleão III construiu a Orangerie para proteger do frio as árvores cítricas dos Jardins das Tulherias.

Quando o Museu Orangerie foi inaugurado?

O Museu Orangerie foi fundado no ano de 1852.

O que há dentro do Museu Orangerie?

Em sua visita ao Museu Orangerie, você pode ver os famosos Nenúfares de Claude Monet, acessar exposições permanentes e temporárias, conferir figuras tutelares e muito mais.

Qual é o horário de funcionamento do Museu Orangerie?

O Museu Orangerie está aberto todas as segundas, quartas, quintas, sextas e sábados, das 9h às 18h. Ele fecha às terças-feiras, em 1º de maio, 25 de dezembro e na manhã de 14 de julho.

Que obras de arte famosas estão no Museu Orangerie?

Há cerca de 156 pinturas em exposição permanente que foram criadas entre o final do século XIX e o início do século XX, como os Nenúfares de Claude Monet e a coleção de Domenica Walter.

Por que o Museu Orangerie é importante?

O Museu Orangerie é importante, pois abriga os oito grandes murais dos Nenúfares de Claude Monet e também retrata obras de Paul Cézanne, Amedeo Modigliani, Pablo Picasso e outros.